Visita do 4.º Ano à Fábrica de Azulejos de Sant’Ana

Dia 20 de abril, o quarto ano foi visitar a fábrica de Azulejos de Sant’Ana, que fica situada  na Calçada da Boa Hora.

A nossa guia, a Sra. D. Mariana, começou por nos contar que a fábrica com 281 anos, continua a fabricar azulejos  apenas à mão, mantendo assim uma produção artesanal.

Apresentou nos o Sr Albano, um artesão que com a sua habilidade e força, coloca a argila nas formas e faz nascer aquilo que será um azulejo.

Depois aprendemos que os azulejos estão dois meses a secarem e só mais tarde são colocados durante dois dias dentro de grandes e pesados fornos a uma temperatura de 1100 graus para cozerem. 

Após arrefecerem verifica-se se estão perfeitos para poderem ser pintados e vidrados.

O azul é a cor tradicional portuguesa porque o pigmento cobalto permanece inalterado a grandes temperaturas. 

Em Tempos muito antigos, ainda com fornos a lenha, era difícil controlar o tempo de cozedura, por isso, por vezes, as cores desapareciam.

Uma das pinturas mais tradicional portuguesa são as caravelas que lembram os descobrimentos portugueses do século XVI. Mas fazem-se muitos outros desenhos.

O Sr. Buchadas pinta azulejos, é um verdadeiro artista.  É surdo mudo e gosta muito do que faz . É o melhor pintor da casa, com grande habilidade para desenhos de pormenor.

Por fim, na loja, vimos obras já terminadas como jarros, painéis, pratos, puxadores de porta e imanes.

Foi uma visita supimpa!

Trabalho realizado pelos alunos do 4.º ano B

Comments are closed.