Uma aula (ou várias aulas?) na Torre de Belém 

A “sala de aula” dos alunos do 7.º ano na tarde do dia 24 de fevereiro decorreu junto do rio Tejo e da Torre de Belém, monumento simbólico da identidade de um país virado para o mar e para a descoberta do mundo, monumento considerado Património da Humanidade da UNESCO. 

Debaixo de um céu carregado de nuvens e ameaçando uma tarde de chuva, os alunos participaram na atividade “Que materiais geológicos foram utilizados na construção da Torre de Belém?”. No âmbito da disciplina de Ciências Naturais, reavivaram os seus conhecimentos sobre as rochas e o modo como o Homem as utiliza, compreenderam os contributos da ciência e da tecnologia para a exploração sustentável dos recursos litológicos e recordaram ainda conteúdos relacionados com os sismos e os tsunamis. 

Em interdisciplinaridade com Educação Visual (EV) e Português, os alunos “inauguraram” os seus diários gráficos. Preencheram, assim, a primeira página com o desenho à vista da belíssima Torre de Belém, elaborando um esboço rápido, o qual será, a posteriori, trabalhado na sala de aula de EV. Estas ilustrações serão igualmente legendadas e, deste modo, ao longo do ciclo, cada aluno irá construindo o seu diário gráfico com as várias atividades da Escola. Um diário para, mais tarde, recordar! 

Comments are closed.