EAM na AMP das Avencas

A Área Marinha Protegida (AMP) das Avencas, situada entre as praias da Parede e da Bafureira, é considerada uma área litoral muito rica por servir de habitat a uma grande variedade de espécies.

A ocorrência de marés condiciona a existência de diferentes zonas no litoral rochoso. Para observar toda a zona entre marés, os alunos do 3º ciclo da Escola Ave Maria deslocaram-se bem cedo até ao local, de modo a iniciar o passeio interpretativo no pico da maré baixa.

A AMP das Avencas possui biodiversidade representativa de toda a costa portuguesa, tendo sido possível observar ouriços-do-mar, anémonas, o polvo-comum, mexilhão, caranguejos, cracas, lapas, algas, burrié, caracol negro, peixe anfíbio, entre várias outras espécies. A praia das Avencas deve o seu nome a uma planta – a avenca – que foi observada numa das arribas da praia.

Além da biodiversidade, a Praia das Avencas revela também aspetos geológicos interessantes, apresentando basaltos metamorfizados, filões de quartzo, bancos de ostras e vários fósseis de animais marinhos. Durante cerca de duas horas os alunos tiveram oportunidade de identificar as relações bióticas e abióticas que condicionam este ecossistema.Se a zona é muito frágil por estar sujeita a fatores físicos severos como a força das marés, as maiores ameaças são de origem humana, nomeadamente o pisoteio excessivo, a pesca e a apanha não autorizada, assim como o lixo deixado na praia.

Comments are closed.
Últimas novidades
X